ALEM DO POÇO




Ouça a minha voz: há esperança! Tenha fé, sempre há uma esperança e uma solução para qualquer problema. Até pra morte há jeito: chama-se ressurreição.

“Achava-se ali o poço de Jacó. Jesus, pois, cansado da viagem, sentou-se assim junto do poço; era cerca da hora sexta.Veio uma mulher de Samária tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber.”  João, 4.6,7

O poço de Jacó é fundo, é um poço de água morta, parada, mais ainda doce.
O poço de Jacó representa uma vida puxada em poções, isso é o folego, uma vida natural, uma fé natural, assim, todos podemos beber a água do poço de Jacó. Valorize a sua vida, ela é um bem precioso que Deus te deu, seja grato, se você existe hoje é porque teve um guardador lá do céu, fiel e bondoso, você sabe de quem estou falando. Nunca deixe de valorizar as pequenas coisas da sua vida, um simples abraço, um sorriso, um bom dia porque, para todos, um dia pode chegar o dia mal e você com certeza não terá prazer nele. E se chegar o dia mal, o dia de trevas, será que você será capaz de descansar na hora sexta, como fez Jesus, sentando-se junto ao poço?

Se você não descansar e desesperar, não caia no fundo do poço.
Se você cair além do poço estará no vale, no vale da lamentação.
Como sair dele? Lembre-se, pra tudo há uma solução.

“Assim saí de noite pela porta do vale, até a fonte do dragão, e até a porta do monturo, e contemplei os muros de Jerusalém, que estavam demolidos, e as suas portas, que tinham sido consumidas pelo fogo. Ainda de noite subi pelo ribeiro, e contemplei o muro; e virando, entrei pela porta do vale, e assim voltei.”  Neemias 2, 13,15

O vale da lamentação é um lugar de reflexão, para alguns de lamento e tristeza mas sobretudo um lugar de arrependida reflexão na cinza e no pó. Neemias voltou daquele lugar, simplesmente voltou. O lugar de arrependimento é a chave do vale da lamentação.
Mas pode surgir vida das cinzas?

Jó disse em seu livro:

“Com os ouvidos eu ouvira falar de ti; mas agora te vêem os meus olhos. Pelo que me abomino, e me arrependo no pó e na cinza.” Jó 42.5,6

Está escrito que “ O Senhor, pois, virou o cativeiro de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o Senhor deu a Jó o dobro do que antes possuía.” Jó, 42.10

Em Atos, 12. 5-7 diz

“Pedro, pois, estava guardado na prisão; mas a igreja orava com insistência a Deus por ele. Ora quando Herodes estava para apresentá-lo, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, acorrentado com duas cadeias e as sentinelas diante da porta guardavam a prisão. E eis que sobreveio um anjo do Senhor, e uma luz resplandeceu na prisão; e ele, tocando no lado de Pedro, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias.”

Não sirva a Deus por medo. Deus não quer que você o sirva por medo. Sirva a Deus por amor. Se você tem amor a Deus, não há medo, nem inferno e muito menos condenação. Creia nisso e você será salvo de todos os seus temores.

 “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” Mateus, 16.18

Ainda há esperança na cinza e no pó?

“e lhes dirás: Assim diz o Senhor dos exércitos: Deste modo quebrarei eu a este povo, e a esta cidade, como se quebra o vaso do oleiro, de sorte que não pode mais refazer-se; e os enterrarão em Tofete, porque não haverá outro lugar para os enterrar.”  Jeremias 19.11

Ainda que o homem não possa refazer-se, Deus pode todas as coisas e tudo é possível para aquele que crer.


“Como o vaso, que ele fazia de barro, se quebrou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos seus olhos fazer. Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR: eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.” Jeremias 18.4,6


“Veio sobre mim a mão do Senhor; e ele me levou no Espírito do Senhor, e me pôs no meio do vale que estava cheio de ossos; Profetizei, pois, como se me deu ordem. Ora enquanto eu profetizava, houve um ruído; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, osso ao seu osso. Profetizei, pois, como ele me ordenara; então o fôlego da vida entrou neles e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo.” Ezequiel, 37. 1,7,10

Há esperança para quem bebê da fonte do dragão?

A fonte do dragão é uma fonte como qualquer outra. Se você escolher beber nela tristezas, é o que beberá, se escolher angustias, beberá angustias mas se escolher esperança terá esperança. É a fonte do dragão, mas não se impressione pelo dragão da fonte. Na verdade, o seu maior inimigo é a fonte do mal que pode estar dentro de cada homem. Mas ainda que você beba de uma fonte venenosa ainda haverá esperança, porque você, se escolher buscar a própria fonte de Deus que está no seu interior, você será um integrante do exército da esperança.

“pegarão em serpentes; e se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e estes serão curados.”  Marcos, 16.18

De onde esse exército vem?
Do outro lado, além do poço, do lado da luz
Lá, ouve-se o eco "da-me de beber...da-me de beber"
Quem ouvira esse eco?

“E o espírito, e a esposa dizem: Vem. E quem ouve diga: Vem. E quem tem sede, venha: e quem quiser tome de graça da água da vida.” Apocalipse 22.17

Estava em samaria, a mulher e o poço. A água natural do fundo do poço não transforma vidas só mantém a vida natural. Transformação não vem de água morta parada, vem de águas vivas,
Em Jo 5.1-9, fala de águas que movem o tanque, Jesus tem AMOR: Aguas que Movem O Rio.

“Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o lugar santo das moradas do Altíssimo.” Salmos, 46.4

Só com Jeová que veremos o que é o amor, Por enquanto vemos o rio cristalino e quando nos espantamos com o reflexo você talvez dirá: sou eu, sou eu...

É ilusão nossa, olhe mais fixamente para o rio cristalino
Você vera outro rio...
O reflexo dele brilha como a vermelhidão do jaspe, não é um rio de agua cristalina eh um rio  ardente, esse rio flui como uma canção:

“Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço; porque o amor é forte como a morte; a sua chama é chama de fogo, verdadeira labareda de Jeova.” Cantares, 8.6

Você esquecerá do passado, quando dizia diante do rio cristalino: "sou eu, sou eu"
E no final, o rio ardente te dira: “sou o que sou”

Qual o sentido da vida?
Você já tem um alvo, um ide?
É aqui, Aquém, Além.
Onde o rio do amor cruzar com o rio da sua vida.

"O homem que andou na Galileia
Se chama Jesus de Nazaré
Agora está comigo
Renova a minha vida
Aumenta a cada dia mais a minha fé.

Fé, mais fé
Amor, mais amor
Quem não tem peça ao Salvador
Pois sem fé e sem amor
Não se pode agradar ao Senhor." 


Autor: Gabriel Francisco da Silva Bezerra
20 de abril de 2018