DESTRUINDO O DESTRUIDOR






"E João andava vestido de pêlos de camelo e com um cinto de couro em redor de seus lombos, e comia gafanhotos e mel silvestre" Marcos 1.6 

Já comeu um gafanhoto? Não é nada fácil comer uma coisa tão diferente quanto um inseto! Porém não vamos pensar desta forma, mas na ótica do poder e autoridade. 
Poder e autoridade no Livro de Mateus (Capítulo 10, versículo 1) é uma só palavra que indica superioridade, é o poder proveniente da autoridade, da força. Isto é, Deus nos deu o poder, a permissão para agir, e a decisão que agrada a Deus é a de agir (autoridade) segundo o poder que nos foi dado. Não há autoridade sem ação, e é a ação que comprova o poder dado. Nós cremos, segundo a operação da força do poder de Deus, o qual ressuscitou a Cristo dos mortos (Ef 1.19,20). Temos que entender a importância da vitória da cruz, onde Jesus, após ressucitar, diz: "É-me dado toda poder no céu e na terra.". (Mt 28.18; Ef 1.20,21)

Você tem essa autoridade do Senhor, porque o Senhor é a Força da nossa vida, não há o que temer.

"O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O SENHOR é a força da minha vida; de quem me recearei?" Salmos 27.1

Gafanhotos, (segundo o livro de Joel e Êxodo) significam destruição ou a força destruidora que dizima as plantações e a vida da Terra. O Capítulo 9 do Livro de Apocalipse compara a forma (parecer) de gafanhotos à seres malignos. É comum a associação de animais diversos às forças malignas, tal como no Livro de Gênesis com a serpente, e no Livro de Lucas:

"Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum. Mas não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos, antes, por estarem os vossos nomes escritos nos céus." Lucas 10.19, 20

Então, temos esta autoridade contra toda a força do maligno. Temos a autoridade de comer gafanhotos, isto é, de destruir o destruidor. Isso porque temos uma fonte de autoridade: o poder do evangelho.

"Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é a poder (virtude eficaz) de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego." Romanos 1.16 

Deus é a Rocha da nossa Salvação (Sl 89.26), e dele emana todo o mel, isto é, todas as virtudes que eficazmente nos alimentam e nos sustentam para que possamos executar a obra libertadora de Deus.

"E eu o sustentaria com o trigo mais fino e o saciaria com o mel saído da rocha." Salmos 81.16 

Alimente-se da Palavra de Deus, e ela será a sua espada para você ser usado em qualquer deserto que seja, destruindo as fortalezas do inimigo. Você pode ser como uma "voz que clama no deserto" que está disposta ao que der e vier, nem que tenha que comer gafanhotos. O poder do Destruidor já foi destruído na Vitória de Nosso Senhor Jesus Cristo. Vencer não será difícil, basta somente estar edificado na Rocha, se alimentando do seu mel. Jesus Cristo é a nossa Rocha, o único fundamento (1 Co 3.11). Quem nele crer não será confundido (Rm 10.11). É por ele que vencemos a morte, o inferno e o pecado, e é nEle que temos a vitória.

"Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo." 1 Coríntios 15.57 



07 de Junho de 2016
Autor: G. F. da Silva